Webnode

 

CELEBRAÇÃO DA PALAVRA

 

(Segundo o Ofício Divino das Comunidades)

 

Diácono Sérgio Ferreira de Almeida

 

PREPARAÇÃO DO AMBIENTE

- Acendimento das velas do altar

 

Refrão: Ó luz do Senhor que vem sobre a terra,/ clareia o universo com teu esplendor.

 

Canto de entrada

 

Sugestão: O Senhor nos deu a graça.

 

- Sinal da Cruz

 

- Saudação

 

C – Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o Amor do Pai e a Comunhão do Espírito Santo, esteja com todos vocês.

T: Bendito...

 

C - Manifestemos a nossa confiança na salvação, saudando-nos uns aos outros e afirmando: O Senhor é a nossa salvação.

 

REVISÃO DO DIA

C - o que trouxemos para esta celebração da vida.

Vamos lembrar acontecimentos.

- Lembro das pessoas desempregadas...

        - ouvir as pessoas

 

Louvemos ao Senhor sempre presente na nossa história.

 

ABERTURA (ODC)

- Venham ó nações, ao Senhor cantar! (bis)

  Povos do universo, venham festejar! (bis)

 

- Seu amor por nós, firme para sempre! (bis)

  Sua fidelidade, dura eternamente! (bis)

 

- Nossas mãos orantes, para o céu subindo!(bis)

  Cheguem como oferenda ao som deste hino! (bis)

 

- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito. (bis)

  Glória à Trindade Santa, glória ao Deus bendito!(bis)

 

- Aleluia, irmãos, aleluia irmãs! (bis)

  Do povo que confia, a Deus louvação! (bis)

 

- Onde estiver, teu tesouro irmão,(bis)

  Lá estará inteiro, o teu coração! (bis)

 

ORAÇÃO DO DIA

OU:

Ó Deus de bondade, tu renovas o mundo inteiro com a ressurreição do teu filho Jesus e nos dás, a teus filhos e filhas, este tempo de alegria e festa. Dai-nos por toda a vida a graça de vos amar e temer, pois nunca cessais de conduzir os que firmais no vosso amor. Faze-nos viver de uma maneira nova como testemunhas do teu Reino, firmes na esperança de um mundo novo, sem violência e sem divisão. Por N.S.J.C., vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

 

LITURGIA DA PALAVRA

- do dia

 

HOMILIA

 

ASPERSÃO COM ÁGUA BENTA

 

C - Irmãos e irmãs, reconheçamos a nossa fragilidade humana diante do projeto de salvação que nos foi apresentado. Inclinemos nossas cabeças e humildemente peçamos que esta água benta com a qual seremos aspergidos, renove em nós os compromissos batismais.

 

CANTO:

Banhados em Cristo / somos uma nova criatura

As coisas antigas, já se passaram/ somos nascidos de novo

Aleluia! Aleluia! Aleluia!

 

PRECES

- dê preferência às preces elaboradas pela comunidade.

 

Sugestão:

C - Confiantes na presença de Jesus em nosso meio, peçamos as graças necessárias para o bom desempenho da nossa missão e cantemos com alegria:

- R: Ouve-nos amado, Senhor Jesus.

 

1. Realiza tua promessa de paz a todos os povos do mundo, que se acabem os conflitos entre as nações, nas famílias e não mais armas matando. Nós vos pedimos:

 

2. Manda a força renovadora do teu Espírito sobre todas as Igrejas cristãs, para que testemunhem no mundo a alegria da ressurreição. Nós vos pedimos:

 

3. Ouve, Senhor, o clamor do teu povo que a sofre humilhação do desemprego e da miséria. Nós vos pedimos:

 

4. Livra-nos, Senhor do preconceito racial, e que possamos sempre reconhecer a dignidade de cada ser humano e de todas as tuas criaturas. Nós vos pedimos:

 

Preces espontâneas...

 

Deus, nossa força e proteção, atende as nossas preces e guia-nos em teus caminhos. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

 

COLETA FRATERNA

 

C - Cantando nos aproximemos do altar do Senhor num gesto de acolhimento da salvação que Ele nos oferece e demonstremos nossa solidariedade para com os mais necessitados apresentando nossa oferta.

 

CANTO DAS OFERTAS:

 

Sugestão: A ti meu Deus

 

Evite cantos que falem do Pão e do vinho próprios do rito eucarístico.

 

AÇÃO DE GRAÇAS

 

em Pé

 

Oremos: Ó Deus de infinita bondade e misericórdia, nós vos glorificamos e vos rendemos graças porque, neste mundo de morte, nos destes vosso reino pelo qual vossa Palavra é anunciada a vosso povo reunido. Dai a vossa Igreja, pelo auxílio de vossa graça, a coragem de professar sua fé, sem temor, e de dar um testemunho de reconhecimento de vosso amor sem limites. Por N.S.J.C., vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T: Amém

 

a) Quando há Comunhão Eucarística

 

C - O Senhor esteja com vocês

T: Ele está no meio de nós.

 

C - Elevemos a Deus o nosso louvor.

 

T: É nosso dever e nossa salvação.

 

C - Nós te damos graças, ó Deus da vida, porque neste dia (santo de domingo) nos acolhes na comunhão do teu amor e renovas nossos corações com a alegria da ressurreição de Jesus.

 

T: Glória a ti, Senhor, graças e louvor.

C - Esta comunidade aqui reunida recorda a vitória sobre a morte, escutando a tua Palavra e repartindo o pão, na esperança de ver o novo céu e a nova terra, onde não haverá fome, nem morte, nem dor, e onde viveremos na plena comunhão do teu amor.

 

T: Glória a ti, Senhor, graças e louvor.

 

C - Por este sinal do corpo do teu Filho, expressamos nosso desejo de corresponder com mais fidelidade à missão que nos deste e invocamos sobre nós o teu Espírito. Apressa o tempo da vinda do teu reino, e recebe o louvor de todo o universo e todas as pessoas que te buscam.

 

T: Glória a ti, Senhor, graças e louvor.

 

C - Toda nossa louvação chegue a ti em nome de Jesus, por quem oramos com as palavras que ele nos ensinou:

 

T: Pai nosso... pois vosso é o reino, o poder e a glória para sempre.

 

C - Vivemos num mundo de guerras, de violências, de exclusão, mas alimentamos no nosso coração um único desejo: a Paz. Estenda sua mão direita em direção ao altar (ou: eleve sua mão direita) e peçamos juntos a paz que vem de Deus:

 

C - Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos apóstolos: Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima vossa Igreja; dai-lhe segundo o vosso desejo, a paz e a unidade,

(une as mãos)

Vós, que sois Deus, com o Pai e o Espírito Santo. T: Amém.

 

C - A paz do Senhor esteja sempre com vocês.

 

T: O Amor de Cristo nos uniu

 

C - Irmãos e irmãs, saudemo-nos em Cristo Jesus.

 

RITO DA COMUNHÃO

 

C - Irmãos e irmãs, o Senhor que nos alimentou com o pão da vida, na mesa da palavra, nos dá agora o seu próprio corpo. Demos graças ao Senhor ressuscitado presente no pão consagrado.

 

Ajoelhados

- Mesc traz o cibório do sacrário e coloca sobre o corporal aberto no altar. Onde for costume, os coroinhas podem tocar a sineta.

 

Em pé - CANTO:

 

O pão da vida, a comunhão,/ nos une a Cristo e aos irmãos.

E nos ensina a abrir as mãos / para partir, repartir o pão. (bis)

 

C - Irmãos e irmãs, participemos da comunhão do Corpo do Senhor em profunda unidade com nossos irmãos(ãs) que neste momento, tomam parte da celebração eucarística, memorial vivo da paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo. O Corpo de Cristo será nosso alimento.

Portanto:

Felizes, os convidados para a ceia do Senhor.

Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

 

T: Senhor...

 

Que o Corpo de Cristo nos guarde para a vida eterna. Amém.

 

CANTO DE COMUNHÃO

 

ORAÇÃO PÓS COMUNHÃO – do dia

 

BÊNÇÃO

- O Missal Romano apresenta bênçãos especiais para cada tempo litúrgico.

 

C -Que o Deus todo-poderoso, (persignando-se) Pai e Filho e Espírito Santo nos abençoe hoje e sempre.

– Amém.

 

C - Vamos em paz e que o Senhor nos acompanhe.

- Graças a Deus.

 

b) Quando há partilha de Alimentos

 

ORAÇÃO DE AÇÃO DE GRAÇAS

- Procissão com os alimentos

 

C - O Senhor esteja com todos vocês!

T - Ele está no meio de nós!

C - Demos graças ao Senhor, nosso Deus!

T - É nosso dever e nossa salvação!

 

Para nós é um prazer

bendizer-te, ó Senhor,

celebrar o teu amor

por Jesus teu bem-querer!

 

Te louvamos, ó Senhor,

pela nossa humana história.

Que revela tua glória,

teu poder libertador.

 

Nas celebrações abaixo escolha o versículo correspondente

 

JANEIRO – BATISMO DO SENHOR

Pois, nas águas do Jordão,

teu ungido apresentaste,

e em Caná nos preparaste

mais gostosa libação!

 

FEVEREIRO

Pois Jesus, iniciando

a mais nova pregação,

nos convida à conversão,

vida e mundo renovando! (bis)

 

TRANSFIGURAÇÃO

Pois Jesus a seus amigos,

lá no monte enquanto ora,

manifesta a sua glória,

do Pai filho tão querido.

 

ASSUNÇÃO

Filho teu e de Maria,

sua mãe ao céu chamou

e à sua glória associou

quem nos vela noite e dia! (bis)

 

SETEMBRO

Pois, ó Pai, tu nos revelas

nas Sagradas Escrituras

a verdade mais segura,

que os guia e nos liberta! (bis)

 

EXALTAÇÃO DA SANTA CRUZ

Pois Jesus foi elevado numa cruz só or amor, do universo hoje é Senhor,

por  ti sendo exaltado.

 

OUTUBRO

Pois chamaste-nos, ó Pai,

e em Jesus, teu filho amado,

nos fizeste missionários

de teu reino e de tua paz! (bis)

 

APARECIDA

Filho teu e de Maria,

u’a mãe negra nos entrega

e confia os que liberta

á sua eterna companhia.

 

NOVEMBRO

Pois felizes nós seremos

com teus santos em tua glória:

do teu Cristo a vitória,

e seu reino cantaremos! (bis)

 

FIÉIS DEFUNTOS

Pois em Cristo a própria morte

já se encontra derrotada,

e pros teus feliz morada

reservaste, eterna sorte!

 

E CONTINUA

 

Apresentando a comida

 

Ó Senhor, te bendizemos

por comida tão gostosa,

que com mãos bem generosas

entre nós partilharemos.

 

Apresentando a bebida

 

Ó Senhor, te bendizemos

por beber de tal delícia,

que entre nós com alegria

como irmãos dividiremos!

 

E agora, ó Senhor,

sobre nós e nossa mesa,

tua luz e fortaleza,

manda o Espírito de amor!

 

Teu Espírito congregue

tudo quanto está disperso;

tua  Igreja em vida e verso

o teu reino manifeste!

 

Bem unidos em Jesus,

um só corpo nós seremos,

nossa vida oferecemos,

como ele fez na cruz!

Finalmente a nossa boca,

inspirada por teu Filho,

E seguindo o seu ensino,

o teu santo nome invoca.

Pai Nosso...

 

Bênção dos alimentos

- do livro: Bênçãos familiares – PE. Elias Leite, CMF, Ed. Raboni, 1994.

 

Senhor Jesus,

que sois o Pão vivo descido do céu

e que nos ensinastes pedir ao Pai

o nosso pão de cada dia,

abençoai estes alimentos

que nos destes por Vossa bondade;

que eles sejam para nós,

ou para quem deles se servirem,

o alimento saudável para o sustento do corpo,

e a lembrança do Pão do céu

que nos alimenta para a vida eterna.

T: Amém.

 

(aspersão dos alimentos com água benta)

 

RITOS FINAIS

 

ORAÇÃO

 

C - Oremos: Ó Deus, o alimento que recebemos de ti e repartimos com simplicidade e alegria, em memória do Cristo Ressuscitado, fortaleça-nos sempre na vida nova que ele veio nos dar e mantenha-nos firmes em nossa consagração ao reino. Por Cristo, nosso Senhor.

T- Amém.

 

BÊNÇÃO

 

C - Irmãos (ãs) vamos agora invocar a bênção de Deus sobre a pessoa que está ao nosso lado. Dois a dois, coloque sua mão direita no ombro esquerdo da pessoa com quem você está fazendo dupla e repita:

- O Senhor abençoe você e toda sua família

- O Senhor se revele a você e lhe conceda muitas graças

- O Senhor olhe por você e lhe dê a paz.

 

(traçando o sinal da cruz na testa do amigo)

 

– Em nome do Pai, e do Filho e do espírito Santo. Amém.

RITO DA PARTILHA

 

- O dirigente convida a comunidade a partilhar os alimentos, que podem ser consumidos no local ou levados para a ceia familiar onde for costume.

 

C - Quem tem fome e sede de justiça, venha e coma. E o Deus da paz esteja com vocês. Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo.

 

T: Para sempre seja louvado.