5º DOMINGO DA QUARESMA - 17 MAR 2013

Webnode
15/01/2013 16:21

 

QUINTO DOMINGO DA QUARESMA C – 17 Mar 2013

Domingo da Mulher Pecadora

Subsídios para a preparação do comentário

 
Revista de Liturgia Nr 200
A lei foi feita para homens e mulheres e Jesus não veio para julgar e condenar, mas para salvar e redimir. A salvação está no perdão e na mudança de vida. Como esta palavra nos ilumina hoje?
Humildemente nos colocamos diante do olhar amoroso de Deus que nos acolhe. Com seu perdão Ele nos liberta das fraquezas e pecados, devolvendo-nos a dignidade de filhos/as e educando-nos para a misericórdia. Cantamos louvores ao Pai que em Jesus nos santifica e nos alimenta para realizarmos no dia-a-dia nosso êxodo, nossa páscoa.
 
Revista de Liturgia Nr 218
Com a mulher pecadora, somos chamados a abrir o nosso coração para acolher o amor misericordioso de Deus que nos recria para uma vida nova. Necessitamos da misericórdia do Senhor, que nos faz reconhecer nossas próprias fraquezas e caminhar confiantes em busca da perfeição espiritual.
A mesa da Palavra, neste domingo, nos convoca a experimentar a imensa misericórdia de Deus que é capaz de realizar prodígios maiores do que os vividos no Êxodo e ainda a superar o legalismo para salvar e dar a vida às pessoas.
 
Dia do Senhor – Ciclo Pascal ABC
Domingo da mulher pecadora – Reunidos em torno de Jesus para escutar sua palavra, somos convidados a reconhecer nossos próprios pecados e acolher os pecadores.
Celebramos a páscoa de Jesus Cristo que acontece em todas as pessoas e grupos que promovem a vida e lutam contra as forças da morte.
 
Missal da Assembleia Crista.
Vai e não peques mais. Somos o povo que Deus formou para si, porque Deus irrigou com a sua água o deserto da nossa vida (1ª leitura). A adúltera é a Igreja. A água do batismo é novidade de vida. E Cristo nos repete: “Vai e de agora em diante não peques mais”; viver o próprio batismo, pelo qual fomos unidos a Cristo, é, para Paulo, sacrificar tudo para ganhar a Cristo. Participar de seu sofrimento, tornar-nos conformes à sua morte, para alcançar a ressurreição dos mortos, experimentando a força da sua ressurreição. A opção pelo caminho do próprio fracasso se torna opção pela ressurreição.
O batizado, possuindo já a novidade cristã, deve tender a uma total e perfeita participação no mistério do Cristo. 
Reunidos em torno da mesa do Senhor, cantemos as grandes coisas que fez por nós; reconheçamos que nossa justiça e santidade vêm da fé em Cristo salvador; e renovados pelo pão eucarístico, percorramos todos juntos o caminho do êxodo, da libertação e da terra prometida.
 
Liturgia Diária nr 219
Neste domingo da mulher pecadora, o Senhor nos convida a acolher em nossa vida o amor e a misericórdia de Deus. Celebremos a páscoa de Jesus, a qual se realiza nos corações que buscam nele a reconciliação e a paz.
O profeta faz memória da libertação operada por Deus no êxodo, e Jesus – o melhor tesouro a ser buscado, segundo Paulo – acolhe e liberta a mulher pecadora.
 
Modelo
QUINTO DOMINGO DA QUARESMA C – 17 Mar 2013
Domingo da Mulher Pecadora
Diácono Sérgio Ferreira de Almeida
 
Monição
A mesa da Palavra, neste domingo, nos convoca a experimentar a imensa misericórdia de Deus. Reunidos em torno de Jesus somos convidados a reconhecer nossos próprios pecados e acolher os pecadores.
Com a mulher pecadora, somos chamados a abrir o nosso coração para acolher o amor misericordioso de Deus que nos recria para uma vida nova.
Assim celebramos a páscoa de Jesus Cristo que acontece em todas as pessoas e grupos que promovem a vida e lutam contra as forças da morte.
 
Preces
 
PR – Preparando-nos de maneira mais intensa para celebrar a Semana Santa, elevemos ao Pai nossas necessidades, implorando a graça da conversão e da fé. Com confiança supliquemos cantando: Ó Senhor, escuta a nossa prece.
 
 1. Cumulai, Pai Santo, a Igreja de vosso Filho com o mesmo amor que o levou a entregar-se por nós, para que ela seja sinal fecundo do felicidade e da paz entre os homens, nós vos suplicamos:
 
2. Abençoai a vida e a missão do Papa Bento XVI, de nosso Arcebispo Dom Moacir, dos nossos bispos auxiliares, de nosso pároco e de todos os sacerdotes, nós vos suplicamos
 
3. Iluminai os lares de nossa comunidade, para que nossas famílias possam se preparar de forma mais intensa para viver os grandes momentos da Semana Santa, nós vos suplicamos:
 
4. Fortalecei a vocação de todos os chamados à vida religiosa e consagrada e concedei a eles a graça da perseverança e da fidelidade à vocação recebida, nós vos suplicamos:
 
5. Recebei em vosso Reino os nossos familiares, amigos e paroquianos falecidos. Que possam encontrar junto de vós a verdadeira paz prometida, nós vos suplicamos:
 
 
PR – Pai Santo, acolhei as súplicas de nossa comunidade que fervorosamente se prepara para celebrar a Páscoa de vosso Filho. Concedei as graças que agora vos pedimos, pelo mesmo Cristo vosso Filho e Senhor nosso. Amém