DOMINGO DE RAMOS - 13 ABR 2014

Webnode
09/01/2014 13:29

DOMINGO DE RAMOS – 13 Abr 2014

 

- Apenas para reflexão das equipes

 

Revista de Liturgia Nr 200

Diante da cruz do justo que morre, de que lado ficamos: dos que dão sua vida pelo projeto de Deus ou dos que se juntam para suprimir a justiça, como fizeram Pilatos e Herodes?

Participamos do mistério de seu despojamento e de sua glorificação pela Palavra e pela Ceia Eucarística, aceitando que a páscoa se realize em nossa vida.

 

Revista de Liturgia Nr 218

No início da Semana Santa, somos chamados a carregar a cruz com Jesus, semelhante a Simão de Cirene, a permanecer na esperança, como as mulheres discípulas. Que possamos seguir Jesus Servo, incondicionalmente, proclamando a força da salvação em comunhão com os que permanecem fiéis ao projeto de Deus.

Hoje somos convocados a entrar com Cristo em Jerusalém para realizar o mistério de sua morte e ressurreição. Com confiança sigamos os seus passos para que, associados/as à sua cruz, participemos também de sua ressurreição e de sua vida.

 

Dia do Senhor – Ciclo Pascal ABC

Domingo de Ramos – Iniciamos, hoje, a semana santa, recordando a entrada de Cristo em Jerusalém para celebrar a sua páscoa. Como o povo da antiga aliança, que durante a festa das tendas levava ramos nas mãos, significando a esperança messiânica, renovamos, hoje, nossa adesão ao Cristo, Senhor da história. Escutando e participando da liturgia da paixão do Senhor, deixamos que o mistério pascal da paixão, morte e ressurreição de Jesus se realize em nossa vida.

Saudemos com Hosana o filho de Davi! Bendito o que nos vem em nome do Senhor! Jesus, rei de Israel, Hosana nas alturas! (Mt 21,9)

 

Modelo

    MISSA DO DOMINGO DE RAMOS A – 13 Abr 2014

Diácono Sérgio Ferreira de Almeida

 

Obs: O rito da celebração do domingo de Ramos previsto no missal é muito completo. Não há necessidade de mais comentário inicial. Se for conveniente, após a oração do dia feita no interior da Igreja, o comentarista poderá apenas orientar o seguinte:

 

COMENTARISTA

A entrada de Cristo em Jerusalém foi apenas um curto prelúdio à verdadeira Paixão e Morte de Cristo. Guardemos nossos ramos até a leitura da Paixão, quando os manteremos levantados.

Em nossos lares, esses ramos serão o Sinal de nossa Fé e de nossa Esperança em Cristo.

 

Preces:

PR – Jesus Cristo, ao entrar em Jerusalém foi aclamado pelo povo como rei e Messias. Também nós o aclamamos e com confiança apresentamos a ele as nossas preces cantando:

– Ouve-nos, amado Senhor Jesus!

1.    Para que a Igreja, nesta semana santa que hoje se inicia seja mais plenamente purificada pelo sangue de seu Esposo, rezemos ao Senhor.

2.    Pelo Clero: para que a exemplo de Cristo, servo obediente e fiel, seja modelo de humildade e amor tornando-se presença viva do próprio Cristo em suas comunidades. Rezemos ao Senhor:

3.    Pela nossa preparação quaresmal, para que cada um de nós, tenha nesta semana santa, um profundo encontro com Jesus ressuscitado. Rezemos ao Senhor:

4.    Por todas as nossas necessidades e dificuldades, para que pelo poder de Jesus, saibamos enfrentar com coragem os desafios do dia a dia. Rezemos ao Senhor:

 

PR – Guiai vosso povo, Senhor, nos caminhos do vosso Reino, para que  ele jamais vacile em vosso serviço. Concedei aos que sofrem a graça de se unirem à vossa paixão e depositarem a confiança na vossa ressurreição. Vós que viveis e reinais para sempre. Amém.

 

 

Outras sugestões de preces

(Missal Romano)

PR – Aproximando-se, caríssimos irmãos e irmãs, a solenidade da Páscoa, invoquemos o Senhor com mais insistência, para que possamos participar mais plenamente do mistério da morte e ressurreição do Senhor, clamando: Pai de misericórdia, ouvi o nosso clamor.

 

1. É grande o conflito entre os valores do reino e as ofertas materiais do nosso tempo. Para que todos os cristãos sejam fortalecidos pela graça divina e saibam discernir entre o bem e o mal, entre o certo e o errado, roguemos ao Senhor.

- Pai de misericórdia, ouvi o nosso clamor

 

2. Jejuamos nesta quaresma com o firme propósito de nos solidarizar com nossos irmãos menos favorecidos. Para que saibamos sempre partilhar com os pobres o fruto de nossa abstinência, roguemos ao Senhor.

 

3. Do sangue derramado na cruz de Cristo, nasceu a Igreja missionária. Para que neste tempo da Paixão de Cristo, a Igreja seja mais plenamente purificada e fortalecido o seu espírito missionário, roguemos ao Senhor.

 

4. A cruz de Cristo nos permite refletir sobre nossas dores e enfermidades. Para que todos os doentes e aflitos, participando da Paixão de Cristo, obtenham força e paciência, roguemos ao Senhor.

 

PR – Ó Deus, tende piedade da vossa Igreja em oração e escutai os corações que se voltam para vós, para que não falte o vosso auxílio aos que participam de vossos divinos mistérios. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

 

(Missal da Assembleia cristã)

 

PR – O relato da paixão de Jesus é a prova de um amor sem medida. Agora podemos suplicar ao Pai em nome de seu Filho: Salvai-nos, Senhor!

 

1. Para que a celebração dos mistérios de Cristo nesta semana santa renove profundamente a nossa comunidades, rezemos ao Senhor.

 

2. Para que em torno da cruz de Jesus se reúnam todos os homens que procuram um sentido para sua vida, rezemos ao Senhor.

 

PR – Ouvi, ó Pai, o grito da humanidade sofredora e tornai nossos corações capazes de compreender e de compartilhar os sofrimentos dos irmãos e irmãs, em união com Jesus Cristo, nosso irmão e redentor, que vive e reina para sempre. Amém.

 

 

 

Webnode